sábado, 10 de março de 2012

Língua Geográfica ou Glossite migratória benigna


Esta semana minha língua esta deste jeito, e o pior que dessa vez esta doendo muito. Tudo que é quente ou morno incomoda, então resolvi pesquisar e tentar entender melhor o que é isso...






A língua geográfica, também conhecida como eritema migratório e glossite migratória benigna, é uma condição de causa desconhecida. Numerosas teorias tentam relacionar esta doença ao estresse emocional e a infecção fúngicas e bacterianas. A língua geográfica também tem sido associada a várias condições diferentes, incluindo a psoríase, a dermatite seborréica, a síndrome de Reiter e, mais recentemente, a atopia. Em apoio desta última, tem sido observada uma diferença significativa entre a prevalência desta condição em pacientes atópicos portadores de asma intrínseca e renite, e sua prevalência em pacientes com reações negativas de testes cutâneos a vários alérgenos. Os antígenos HLA-B15 podem estar mais comumente associados com um paciente atópico e a língua geográfica. 
Esta afecção da língua, em especial de sua face dorsal, de causa desconhecida e possível padrão hereditário, acomete 1 a 2% da população, em qualquer idade e com predomínio nas mulheres. Caracteriza-se por várias placas eritematosas, despapiladas, circinadas, em geral indolores, com borda esbranquiçada e ligeiramente elevada. Enquanto as papilas fungiformes permanecem intactas e proeminentes, as filiformes se descamam. O aspecto migratório da afecção predomina, evidenciando placas eritematosas que desaparecem de um local da língua e reaparecem em outro.
Segundo a  Dra. Gillian Mckeith, nosso corpo transmite sinais de que algo esta acontecendo, e para ela a língua nos concede alguns sinais, dentre eles a língua geográfica.

Podemos enxergar esses sinais, por exemplo:

Na língua, que é um importante indicador de saúde, verdadeira vitrine dos órgãos. A pontinha está correlacionada ao coração, logo atrás com os pulmões, o lado direito com a vesícula e o lado esquerdo com o fígado. O meio dela mostra a situação do estômago e do baço e a parte traseira, rins, intestinos, bexiga e útero. A língua saudável deve ser lisa, flexível e ligeiramente úmida. Sua cor deve ser vermelho pálido com uma finíssima película branca.
Os indicadores mais comuns na língua são: rachaduras, fendas, camadas (isto é, amarela, peluda, espessa, branca), linhas, inchaços, manchas vermelhas e cortes. Cada indicador identificado corresponde a um problema, uma deficiência de vitaminas, nutrientes, mal funcionamento dos órgãos citados e correlacionados acima.


Rachaduras no meio, não chegando até a ponta da língua, indica que seu stômago está fraco e sua digestão não é boa, indica também falta de nutrientes.


Marcas de dentes nas laterais indicam deficiência nutricional, problemas digestivos, deficiências no baço.


Língua dolorida indica deficiência de nutrientes, entre eles Ferro, Vitamina B6 ou Niacina. Ardência na língua indica falta de sucos gástricos no estômago.


Língua inchada/espessa camada branca indica excesso de muco no corpo, falta de bactérias benéficas e elevação na quantidade de fungos.


Rachaduras horizontais/pequenos sulcos, também chamada de Língua Geográfica, são sinais de má absorção das vitaminas do complexo B, consequentemente a pessoa sente falta de energia.


Camada amarela e espessa indica calor nos intestinos, carência de bactérias saudáveis no corpo e mau funcionamento dos intestinos. Ponta da língua vermelha indica distúrbio emocional ou tensão emocional.


Na cabeça, caspa no couro cabeludo pode indicar excesso de fungos e/ou deficiência de AGEs, vitamina B6 e/ou Selênio.
Na face, veias próximas à superfície/capilares elevados, é um sinal de insuficiência de enzimas digestivas ou pouco ácido estomacal.
Nas orelhas, rachaduras atrás das orelhas indicam deficiência de zinco.
Nas mãos, unhas quebradiças/lascadas/com manchas brancas indica que o fígado não vai bem, também pode indicar deficiência de cálcio, zinco ou AGEs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...